Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aquela Runner Obcecada

Aquela Runner Obcecada

Devaneios e outras coisas

 

1508143_636786773044119_1960645797_n.jpg

Há coisas que eu dava para entender, uma dela é a minha cabeça. Sinto que na maior parte das vezes as minhas obcessões tomam controlo de mim e se refletem nos meus actos, bem eu não penso, eu tenho a certeza indubitável que isso ocorre, pois a minha tendência é irritar as pessoas que só querem o meu bem. 

O que é ter uma obcessão? Boa pergunta, se alguém souber que me ligue. Mas eis o que eu penso sobre a obcessão...

 

Ter uma obcessão em algo é simplesmente esquecer o resto que nos rodeia, basicamente sou eu e aquele objectivo, dormimos a pensar nisso e acordamos a pensar nisso. Sentimos um exuberante prazer quando alcançamos algo que foi minuciosamente pensado desde o primeiro ao último segundo, é um sentimento tão grande de felicidade que é impossível explicar. Sentimos que não somos culpados, que somos capazes de derrubar barreiras e conquistar tudo e todos, mas o problema da obcessão, é que por muito mais que batalhemos por a realizar, o sentimento de conquista perdura por um tempo limitado... Desvanece como uma nuvem e faz iniciar o ciclo. Mas falando por miúdos eu sou obcecada em correr? Não. A resposta é mil vezes não. Eu sou obcecada por parecer bem, por não parecer desleixada, por não sucumbir ao cansaço do meu corpo, sou obcecada porque a anorexia deixou-me essa marca. Já quando sofria dela sentia que o meu peso jamais iria aumentar se eu gastasse as calorias ingeridas no meu corpo. Mas whateaver, eu  queria lá saber se a pessoa tem necessidades para o dia-a-dia, que precisa de calorias para ler, escrever, andar, dormir, espirrar, chatear o gato etc.... Eu só queria saber de me sentir bem. Isso não implica que seja obcecada numa actividade, simplesmente tenho o receio enorme de engordar, porque simplesmente não me sinto bem em ter um corpo pesado, prefiro ser magrinha, não para agradar, mas para eu me sentir bem, e por outra bem forte, porque não quero passar por tudo outra vez, porque não quero ser chamada de gorda como uma vez já fui. Porque simplesmente não quero sofrer, e sim por isso sou obcecada, não por correr, fazer desporto, seguir uma alimentação saudável(isto adoro fazer, passo mal com comida muito processada e cheia de molhos), mas porque eu já tive um problema, porque embora eu tenha seguido em frente, em cada pensamento meu, esse "fantasma" está lá sempre a acordar quando menos espero.

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D